domingo. 25.02.2024
Equipa do Centro de Vacinação Internacional.
Equipa do Centro de Vacinação Internacional.

Cerca de 439 pessoas deslocaram-se ao Centro de Vacinação Internacional (CVI) do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), em 2022.

Desde o início da sua atividade, em 2019, e apesar de ter tido a atividade condicionada durante o período da pandemia (2020/21), o CVI já aconselhou 927 pessoas que viajaram para fora de Portugal.

Constituído por uma equipa de dois médicos especializados em medicina do viajante, três enfermeiros e três assistentes técnicos, o CVI garante, a “todas as pessoas apoio personalizado para uma viagem ao estrangeiro, bastando, para isso, marcar consulta com uma antecedência de quatro a oito semanas antes da viagem”, refere Sueila Martins, responsável pelo CVI.

Desta forma, é possível “preparar um kit de farmácia para a viagem, regularizar as vacinas relativas ao Plano Nacional de Vacinação e, também, as vacinas obrigatórias e aconselhadas, tendo em conta as doenças presentes no local de destino”, refere a responsável, acrescentando que é também, disponibilizado “acompanhamento pré viagem, bem como assistência, em caso de necessidade, durante a estadia, e no pós viagem, reforçando a segurança para o viajante de acordo com as normas internacionais vigentes”.

Com exceção de alguns países, nomeadamente da Europa e da América do Norte, “em todos os outros destinos é desejável que haja uma consulta do viajante. Por esse motivo, qualquer pessoa que tenha necessidade deste serviço pode marcar consulta, quer seja cidadão nacional, quer seja cidadão estrangeiro”, concluiu.

As marcações de consulta podem efetuar-se através do e-mail [email protected], por telefone 259 300 513, ou presencialmente na receção do Edifício B (consulta externa) da unidade hospitalar de Vila Real do CHTMAD.

Centro de Vacinação Internacional do CHTMAD com aumento de atividade em 2022