domingo. 05.02.2023

NOTÍCIAS CHAVES | “Bichos como anjos” de Cristina Pizarro garante 2º prémio de poesia em Itália

 

Cristina Pizarro garantiu o 2º prémio de mérito para “Vozes estrangeiras do mundo”, no concurso Internacional de Arte Literária “Il Canto di Dafne”, em Itália, com o poema “Bichos como anjos”.

 

A flaviense soma assim mais uma vitória, com o seu poema a ser destacado na secção “Diga não à violência contra as mulheres em memória de ‘Anna Maria Marino’”.

 

Bichos como anjos

 

Tinha as asas tingidas de negro

Mas parecia um anjo

A fala sem voz humana

Emitia apenas sons

Gritos e grunhidos

 

Nada nele dava indícios de anjo

A não ser o querer dela a acreditar que fosse

Com o poder que temos de nos iludir

A mover montanhas

Com a força da alavanca de Arquimedes

 

Dos seus lábios escorria sangue

Achou que fosse tinta

Que era um artista plástico 

A pintar com a boca

 

Nos pés umas sandálias

A imitar Cristo

Mas com picos por baixo

Como correntes de neve

Apropriadas para escalar corpos

De verão e de inverno

 

A pele grossa e áspera

Treinada e calejada

Parecia de um elefante

Não reagia ao toque

Não tinha sensação térmica 

Nem emoções 

Defendia-se sem ser atacado

Agredia para não ser agredido

 

Ao surpreende-lo de noite a deslocar-se

Como uma barata tonta

Assustada e violentada

Escrava e domesticada

Com feridas que não cicatrizam

Soltou um grito da alma sem freio

E conquistou a liberdade

Nascendo naquele momento

Num parto sem dor

De alegria vibrante

Cerimónia de entrega de prémios em Montecatini Terme, Itália, na presença de Marina Pratici (Presidente do prémio), Jacqueline Monica Magi (Presidente do júri) e Rita Innocenti (Diretora artística).

 

NOTÍCIAS CHAVES | “Bichos como anjos” de Cristina Pizarro garante 2º prémio de poesia...
Comentários